Romania 360°



A bandeira nacional da Roménia é tricolor: azul, amarelo e vermelho e não sofreu muitas mudanças no curso da história. 
Apenas a distribuição das cores (no ponto de proporção e posição) mudou de certa forma, estão sendo feitas iguais após a Revolução de 1848, quando, sob o impulso do espírito revolucionário Francês , muitos estados da Europa adotaram em sua bandeira nacional a dimensão e o padrão de três cores.
Uma sigilografia atesta que em determinadas fases históricas, a bandeira romena tinha as três cores dispostas horizontalmente, com o vermelho na parte superior, o amarelo no meio e o azul na parte inferior.
 
Além disso, a proporção das cores não foi a mesma, uma vez que é agora (33 por cento para cada cor). Basicamente, no entanto, as três cores tão queridas para os romenos encontram-se em faixas que datam do tempo de Michael, o Bravo (Mihai Viteazul) e até mesmo Stephen, o Grande (Stefan Cel Mare). Além disso, pesquisas recentes indicam que eles existiram mesmo no padrão Dacian apresentado na Coluna de Trajano, em Roma. Este padrão foi de uma forma especial: a cabeça de um brilhante de lobo de metal  pendurada que tinham longas faixas coloridas de tecido. Como o vento soprava, o padrão deu um génio que assustou o inimigo e encorajou os que estavam na batalha. 

Tal regra oculta foi pertencente ao Tudor Vladimirescu, o líder da revolução de 1821. Quando a revolução foi sufocada, Tudor decidiu enterrar o padrão em um pátio. Apenas 60 anos depois, em 1882,  o padrão foi encontrado, e levado até Bucareste, a capital do país, a ser utilizado no âmbito de uma cerimônia especial, na Casa do Exército (hoje o Museu Militar Central). A revolução Tudor, 1821 ajudou o país a se livrar dos governantes Phanariot impostas pelo Império Otomano na Valáquia e Moldávia no início do século 18 (os governantes Phanariot vieram do distrito de Fanar de Constantinopla e eram estrangeiros impostos ao país pelo sultão como administradores).
A bandeira, o padrão, são símbolos profundos, ligados à história, à resistência do povo e o segredo de sua sobrevivência. O tricolor romeno (as cores vermelho, amarelo e azul podem ser encontrados também no uniforme do segurança armada do país) resistiram, como um símbolo, mesmo após o advento do comunismo sob o poder de Ceausescu, quando a herança da URSS foi reduzida a nada.
No decorrer do tempo, poemas e hinos foram dedicados ao tricolor romeno; uma delas, Trei Culorii , na música por Ciprian Porumbescu, tem sido muito mobilizador e é uma das mais queridas pelo romenos. A bandeira da Roménia tem as cores colocadas verticalmente como segue: azul, amarelo e vermelho. A largura de cada banda de cor é de um terço do comprimento.

4 comentários:

  1. Great job. I'm so glad to see how foreign people love my country,
    I like your idea.
    I'm not so good in spanish, so I can't understand everything on this blog.
    Anyway I subscribed.
    Great job. Keep going! It's a beautiful idea.
    These days maybe I'll write an article about this blog on my own blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you! I feel your country, I am very happy to know supporting my project.

      Excluir
  2. Targu Jiu - General Information
    Location: Southwestern Romania
    County: Gorj
    Size: 7.2 sq. miles (19 sq. km)
    Elevation: 675 - 759 ft. (205 - 230 meters)
    Population: 102,000
    First documented: 1406

    City Highlights
    A former Roman settlement, the city of Targu Jiu lies at the foothills of the Carpathian Mountains, on the banks of the river Jiu. Inhabited since Paleolithic times, the region of western Oltenia was of strategic importance to the Romans. The area provided direct access, through one of the most spectacular passes in the Carpathians, to present-day Transylvania, the heart of the former Dacian Kingdom.

    Constantin Brancusi, one of the most influential modern sculptors of the 20th century, was born near Targu Jiu, in Hobita. Although he lived and worked for most of his life in Paris, his legacy is also preserved in Romania, in the city of Targu Jiu.

    The Jiu River valley was the scene of heavy fighting during World War I and World War II. Here, in a monumental ensemble, Brancusi created three sculptures as a memorial to the 8,500 Romanian soldiers who died defending the Jiu Valley from the advancing German army. The three sculptures, the Silence Table (Masa Tacerii), the Kiss Gate (Poarta Sarutului) and the Endless Column (Coloana Infinitului), are placed on mile-long (1.5 km) east-west axis that runs through the heart of the city.
    The Table of Silence, made from limestone, features twelve chairs, originally placed much closer to the table and arranged in pairs.
    The Kiss Gate, made out of marble, features a kiss motif on the gate pillars. The entire structure is supported on a steel axle, set in a concrete foundation of five square meters.
    The Endless Column stacks 17 rhomboidal cast iron modules in a 30-meter high column. The modules, completed in 1938, were made in the central workshop of Petroşani. The column was restored in 1964.
    Targu Jiu is also the capital of Gorj County, a region of rolling meadows, grassy hills and mountain scenery with plenty of natural and cultural attractions to explore. Tiny towns and villages dot the county, and contain some marvelous traditional architecture. Several spa towns and monasteries high in the mountains make for popular excursions.

    ResponderExcluir