O MUNDO E SEUS ALFABETOS

CLASSIFICAÇÕES

A maioria dos sistemas de escrita pode ser classificada de acordo com as categorias abaixo:


Sistemas logográficos - os grafemas são logogramas (ideogramas ou pictogramas) que denotam palavras ou conceitos. O chinês é um exemplo de idioma que utiliza esse sistema. Segundo diversos estudos e relatos dos primeiros viajantes europeus à China, acreditavam que a língua chinesa não deveria ser a verdadeira linguagem de comunicação entre aquele povo. Vendo os desenhos (impenetráveis), os europeus concluíram que se tratavam de uma falsificação, inventada com o único propósito de confundir os visitantes estrangeiros.

Placa Cherokee em uso atual.
Um exemplo do sistema silábico.
Sistemas silábicos ou silabários Utilizam um conjunto de símbolos que representam (ou aproximam) sílabas que formam então, palavras. Um símbolo representa tipicamente o som de uma consoante, seguido por uma vogal, ou apenas uma vogal isolada. Atualmente não existe um número expressivo de habitantes no mundo que utilize esse sistema.

Abugidas - Os grafemas principais representam consoantes à qual está associada uma vogal inerente, e a mudança ou ausência de vogal é representada por diacríticos. Esse sistema inclui quase todas as escritas usadas na Índia e no Sudeste Asiático.

Exemplo de uma escrita Abjad
Abjads - também conhecido como consonantário, os grafemas principais representam consoantes, e as vogais são representadas por diacríticos. Podem ser citados como integrantes do sistema abjads, as escritas aramaica, siríaca, ugarítica, árabe e hebraica. 

Sistemas alfabéticos ou Alfabetos - que os grafemas representam consoantes ou vogais

O sistema de escrita mais usado no mundo é o alfabético. Rússia, Inglaterra, França, Espanha, Itália, Portugal, que foram países colonizadores e difusores culturais são adeptos dessa classificação, então, incluindo nessa lista todos os países que por eles foram colonizados, assim como, Estados Unidos, Canadá, México, Brasil, toda a África subsaariana, etc.

No mundo atual, os principais sistemas alfabéticos utilizados são: Alfabeto latino, alfabeto grego, alfabeto cirílico e alfabeto glagolítico.



Alfabeto Latino - É também chamado de alfabeto romano, foi derivado do alfabeto etrusco, que evoluiu a partir do alfabeto grego.

Alfabeto etrusco, origem do alfabeto latino
Mapa indicando países que usam alfabeto latino

Alfabeto Grego - Desenvolvido em torno do século IX a.C., é utilizado até os dias atuais. No grego e nas línguas provenientes da família indo-européia, foram introduzidos símbolos fenícios sem valor fonético com o intuito de representar as vogais. Esse fato foi crucial para a transcrição fonética satisfatória das línguas europeias.

Alfabeto Cirílico - Como é dito na história tradicional, o alfabeto foi criado por São Cirilo e São Metódio no século IX, com o objetivo de fazer a transcrição bíblica para as línguas eslavas (essa ideia é fortemente contestada por diversos especialistas na área), muitos inclusive defendem que o alfabeto cirílico deve ser chamado de alfabeto búlgaro, pelo motivo de ter sido difundido durante o Primeiro Império Búlgaro.
Mapa indicando países que usam alfabeto cirílico

Alfabeto Glagolítico - É considerado o mais antigo dos alfabetos eslavos que se tem conhecimento, é também considerado a origem do cirílico. Hoje não é mais utilizado, sendo suplantado pelo cirílico.




Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Alfabeto
http://cultura.culturamix.com/curiosidades/a-invencao-dos-alfabetos-do-mundo
http://cienciahoje.uol.com.br/revista-ch/2011/281/heranca-romana
http://geo5.net/
http://www.numaboa.com.br/escolinha/garranchos/90-escrita/294-alfabeto-ocidental?tmpl=component&print=1&page=
http://www.omniglot.com/writing/types.htm
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário